Começando em TI: o que o mercado tem?

Começando em TISão diversas as áreas nas quais um profissional de TI pode atuar.

Sua interação com uma ou outra depende de escolaridade e conhecimentos. Os cargos mais comuns são os técnico, estagiário, auxiliar, consultor e programador. “A área de TI continua em crescimento e ainda estará em ascensão no País.

Cargos como analista e técnico de suporte, desenvolvedor e programador são as grandes apostas e devem ser os mais oferecidos nos próximos anos”, aponta Larissa Meiglin, supervisora de assessoria de carreira da Catho. Segundo ela, o setor ganha ainda mais força com o grande crescimento de empresas online e startups.

Ela conta que o profissional iniciante atua como estagiário, assistente, auxiliar ou trainee, com salário médio em torno de R$ 1.500. Para conquistar um bom lugar no mercado, a formação deve ir além da universidade, explica Larissa.

Começando em TIO dia a dia

A rotina do profissional depende muito do momento de sua carreira, mas geralmente ele desenvolve, implanta e presta suporte a sistemas de informação e soluções tecnológicas, definindo requisitos e especificando sua arquitetura. Ele instala e customiza softwares, administra sistemas e configura procedimentos de segurança de rede. “Vale ressaltar que se engana quem pensa que o profissional de TI trabalha sozinho, pois muitas vezes ele está inserido em uma equipe ou está em parceria com outras áreas da empresa, fazendo com que o relacionamento interpessoal seja uma constante em sua rotina”, conta Larissa.

Começando em TI

As oportunidades

Começando em TIA área de tecnologia da informação é uma das que mais exporta profissionais e os destinos mais comuns são Canadá, Nova Zelândia e Austrália.
Nesses países, os salários costumam ser mais atrativos e a oportunidade de aprender com novas realidades atrai diversos profissionais.

Com a fórmula: conhecimentos técnicos, certificações mundialmente reconhecidas e contatos com pessoas influentes nas redes sociais, o profissional está no meio do caminho para atravessar fronteiras e começar a trabalhar em novo país. Segundo o “Guia de Profissões e Salários Catho”, o cargo de diretor de TI costuma ser o topo da carreira do profissional da área. Para chegar até ele, os profissionais trabalham em média 13 anos e 5 meses. Mais de 30% deles possui MBA e 38% são graduados em sistemas da informação.

Ao mesmo tempo, o “Guia Salarial da Robert Half” aponta que a maior remuneração da área é para o gerente de sistemas, em empresas de grande porte. A previsão é de incremento de 8,3% para 2016 e variação entre R$ 14 mil e R$ 25 mil ao mês. De acordo com a consultoria, as melhores oportunidades para profissionais de TI se encontram em empresas de médio porte e os cargos mais demandados se relacionam à gerência de tecnologia, análise de infraestrutura, análise de negócios e consultor funcional ERP.

Material extraído do e-book CompTIA Profissional Iniciante

Curso recomendado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.