Vale a pena ter uma certificação em TI? Nós respondemos

vale a pena ter uma certificacao

Existem muitas dúvidas sobre ter uma certificação em TI.

  • Devo fazer?
  • Quando?
  • Qual área seguir?
  • Quais os desafios com a preparação?
  • Como me preparar?

Para responder a estas perguntas e sanar as suas dúvidas, fizemos um resumo pra você.

Porque ter uma certificação em TI

Na maioria das carreiras, o caminho de graduação acadêmica é razoavelmente suficiente para posicionar um profissional no mercado de trabalho.

Na área de TI entretanto, dada a evolução constante e diária, as certificações ajudam na construção de carreiras excepcionais nesta indústria pois permitem que as organizações formem uma equipe experientes e confiantes, fazendo uso do padrão de conhecimento e proficiência profissional que as certificações atestam.

Obter uma certificação prepara o profissional para os desafios de TI de hoje e de amanhã, através de uma credencial que atesta a qualidade do conhecimento e experiência profissional.

A carência de profissionais

Apesar das diferenças entre si, todas as indústrias dependem da TI, mesmo que em graus diferentes. Desde empresas familiares de pequena dimensão a grandes corporações, profissionais de TI são necessários para suportar os processos de negócios em quase todas as organizações do mundo.

Um dos últimos exemplos é o nosso mundo digital, que vem se expandindo tão rapidamente que é difícil encontrar as pessoas certas para ocupar todos os postos de trabalho e vagas em TI que estão sendo criados. A Indeed.com estima que há quase 2.000.000 vagas em TI não preenchidas globalmente em uma variedade de indústrias e todas elas, sem exceção, têm ou terão uma presença digital.

A falta de pessoas não é só quantitativa, mas qualitativa também. Por isso, estudar e manter-se atualizado é fundamental para ser competitivo no mercado e criar oportunidades em sua carreira.

Como os empregadores enxergam profissionais certificados?

A certificação contribui para uma excelente primeira impressão. Segundo pesquisas da CompTIA, 96% dos gerentes de RH usam as certificações de TI como critérios de seleção ou contratação durante o processo de recrutamento.

Isso porque um profissional certificado é sinônimo de profissional preparado e com conhecimentos atualizados, que são avaliados através de um processo padronizado, validado pelo mercado, características indispensáveis à evolução das empresas.

Nove em dez empregadores concordam que as certificações são fundamentais para encontrar a pessoa certa para o cargo. Além disso, os indivíduos com certificação em TI têm uma maior probabilidade de serem promovidos do que os que não as possuem.

Uma certificação é a melhor forma de preparar sua carreira para o futuro, pois te confere um credencial, na maioria da vezes reconhecidas internacionalmente, além de acelerar o processo, pois você pode se certificar ao longo de um processo de gradução e conseguir um emprego na área de TI, mesmo antes de estar formado.

O que muda na sua carreira?

Além de ter baixos níveis de desemprego, os empregos em TI pagam salários que são significativamente superiores à média nacional.

A perspectiva de futuro também é excelente: de acordo com o U.S. Bureau of Labor and Statistics, a disponibilidade de empregos em TI está prevista a crescer em 17% até 2022.

Uma certificação profissional coloca você à frente da multidão imediatamente: não só você pode contar com as competências adquiridas, você também valida seu conhecimento e experiência. Ter uma certificação em suas mãos reforça seu currículo e é uma credencial cada vez mais convincente ao se candidatar a uma vaga de emprego.

Qual área deve buscar sua certificação?

Todas as áreas de TI demandam profissionais qualificados. Se você já atua em determinada área pode optar por buscar uma certificação onde já atua, aproveitando sua experiência como um facilitador do processo.

Porém, você também pode ampliar seus conhecimentos e buscar certificações em áreas complementares e/ou áreas novas ou em evidência no mercado.

Veja algumas áreas que possuem alta demanda por profissionais:

  • Help Desk e suporte

Com tecnologias cada vez mais avançadas, muitas vezes existe um GAP entre o conhecimento do usuário e o que as ferramentas oferecem.

Por isso profissionais de suporte são fundamentais para que consigam prover soluções que envolvem instalação, atualização, reparo, configuração, solução de problemas, otimização e execução da manutenção preventiva dos sistemas básicos de hardware de computadores pessoais e dispositivos móveis.

Para isso são necessários os conhecimento técnicos das soluções acima, mas também as competências para o correto atendimento ao usuário ou cliente do outro lado da linha.

  • Mobile e Java

Existe pouca gente apta a trabalhar com tecnologias mobile no Brasil, motivo pelo qual os salários dos desenvolvedores neste segmento tem crescido acima da média.

Com a crise econômica houve uma retração em investimentos em novos treinamentos e isso aumenta a carência atual no setor de desenvolvimento de TI, o que é uma oportunidade para quem estiver preparado para esta demanda.

Vale lembrar também que Java é uma linguagem que envolve muitas certificações, e por isso são profissionais mais raros e caros Quem domina essa linguagem, possui um futuro brilhante pela frente, com diversas vertentes de evolução, que vão de Mobile até Cloud Computing, passando por Big Data, Analytics e Inteligência artificial.

Claro que não é só Java, mas este é certamente o melhor começo para uma carreira na área de sistemas em TI.

  • Segurança da Informação

Com o avanço da internet e mobilidade, os ataques virtuais evoluem sempre. Segurança em TI é mais do que firewalls ou ativirus e hoje requer habilidades para descobrir potenciais ameaças APT (advanced persistent threat) e outros ataques antes que eles causem estragos.

O profissional de Segurança em TI precisa estar sempre atualizado e preparado para agir na defesa, mas também tem que ser pró ativo, agindo na prevenção e predição de vulnerabilidades.

Além de analistas de segurança, esses profissionais também são procurados para assumir cargos de analista de centro de operação de segurança, analista de vulnerabilidade, especialista em segurança cibernética, analista de inteligência contra ameaças e engenheiro de segurança e engenheiro de segurança de sistemas de informação.

Esta carreira é uma das que gera uma excelente visibilidade do profissional dentro da empresa e também dá para o profissional uma visão completa do negócio da empresa onde atua, o que pode trazer oportunidade executivas fora da área de TI, de níveis muito altos, dado o posicionamento estratégico que a segurança da informação ocupa hoje.

Quais os desafios com a preparação?

Os exames de certificação não são uma tarefa fácil. Como eles te concederão uma credencial de conhecimentos teóricos e práticos reconhecidos pelo mercado mundial, , você será testado em um nível de profundidade compatível com a certificação desejada.

Como em qualquer obstáculo na vida, é necessário o nível adequado de esforço para transpô-lo com sucesso e de preferência, na primeira tentativa.

Os exames de certificação são pagos e em geral tem um custo alto, se comparados com a realidade diária de um estudante acadêmico. Por mais que este investimento tenha um retorno a curto prazo, pois você abrirá um grande leque de oportunidades em sua carreira, deve fazê-lo quando se sentir seguro para isso e suficientemente preparado.

Vale ressaltar, que o objetivo aqui é atestar seus conhecimentos, através da prova, portanto, a certificação é um meio e não um fim. Não se deixe levar por caminhos fáceis para “passar na prova”, pois o conhecimento de fato será necessário depois da prova, quando você tiver que comprovar na prática o que a certificação atesta que você sabe.

Então, estude, estude, estude! Da forma que te for mais adequada em termos de custo, dedicação de esforço e tempo, mas estude, estude, estude sempre!!! Mesmo depois de passar na prova.

Como se preparar?

Em primeiro lugar, pesquise sobre a certificação desejada e o conteúdo que é exigido na prova, pois este será seu mapa na rota para o sucesso. As empresas e organizações de certificação, normalmente publicam documentos como “objetivos de exame” ou “blueprint de exame”, que contém a relação de todos os assuntos cobertos pelo exame.

Com isso em mãos, você já pode selecionar a melhor forma de adquirir ou complementar os conhecimentos que precisa.

Você pode realizar um curso preparatório específico para a certificação, o qual irá abordar todos os temas contemplados no exame. Busque também materiais complementares de leitura, que ajudarão a reforçar seus conhecimentos.

Existem empresas especializadas em locação de laboratórios remotos para praticar e que em geral possuem simulados da prova. Mas muito cuidado aqui, com os tais caminhos fáceis! Peça orientação para a organização responsável pelo exame, para que te indiquem soluções de simulação de teste e laboratório homologadas.

Conclusão

Independente se você está iniciando na área de TI ou se já é um profissional colocado no mercado, sempre existem oportunidades de crescimento, seja no Brasil ou fora.

Por isso, seja qual for o nível e área pela qual escolher uma certificação, vale a pena investir seu tempo para obter a sua.

Um profissional certificado consegue uma posição diferenciada no mercado e tem mais acesso a oportunidades únicas.

Para atingir bons resultados profissionais, você não depende da sorte, mas de estar preparado para quando a oportunidade aparecer. Pense nisso! Como você visualiza o seu futuro na carreira de TI? Então prepare-se e busque a oportunidade!

* Artigo publicado a partir de artigos publicados no site da CompTIA Brasil e Exame.com

2 thoughts on “Vale a pena ter uma certificação em TI? Nós respondemos

    • Marco Carvalho says:

      Olá Claudio,

      Entendi que você fez uma certificação de MS Windows Online e gostaria de saber como ela se compara com as certificações presenciais, certo?
      Primeiro, grato pelo contato!
      Segundo, me conta mais sobre que certificação você fez online, precisamos de mais informações para poder te responder.
      terceiro, já te adianto, que as certificações presenciais são as mais reconhecidas pelo mercado, no entanto, alguns fabricantes estão começando a adotar as certificações online, em substituições às presenciais, por questões de custo e praticidades na entrega, então o mercado deve reagir a este novo modelo, aceitando-as também, é só uma questão de tempo.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.